Google Tag Manager

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Gráfico da Grande Cruz Cósmica

Estimado leitor,

Decorridos mais de 10 anos da sua revelação tive permissão dos maiorais para publicar o Gráfico da Grande Cruz Cósmica.

Para aqueles que compreendem o seu significado, meus votos de pleno êxito no serviço ativo e útil no bem.

Um abraço, estimado leitor.

Grafico Paito

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

História da Dudalina

Dudalina Palavra da Presidente
Quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Amor à camisa
Empreendedor - Napoleão Casado Filho
Em um dos segmentos mais competitivos do mundo, Sônia consolidou uma empresa de altíssima rentabilidade
Dudalina Presidente

“Filha, eu só vou voltar para casa quando vender a última camisa.” Quase cinco décadas depois, a declaração da mãe ainda ecoa nos ouvidos de Sônia Regina Hess de Souza, presidente da Dudalina, uma das maiores camisarias da América Latina. A frase, dita para uma menina exausta numa das viagens que a mãe fazia atrás de compradores, se transformou numa lição eterna, como se naquele momento ela tivesse falado ‘filha, nunca desista antes de alcançar sua meta’. Desde 2003, quando assumiu o comando da empresa fundada pela mãe, falecida no final do ano passado, Sônia tem repetido que está sempre em busca de um “sim”.
A mãe em questão é Adelina Clara Hess de Souza, dona de uma das mais belas histórias empresariais do País. Em 1957, então com seis filhos, Adelina mantinha uma loja de secos e molhados com o marido Eduardo, o Duda, em Luiz Alves, pequena cidade vizinha a Blumenau, em Santa Catarina. Uma compra exagerada de tecidos despertou o espírito empreendedor da comerciante, que começou a produzir camisas com a ajuda das irmãs Lídia e Gertrudes. O sucesso das vendas, feitas a bordo de um caminhão pela região do Vale e Norte catarinenses, acabou dando origem à maior fábrica de camisas da América do Sul. O casal batizou a empresa com a junção dos próprios nomes.
Dudalina Camisa
À frente dos negócios, Adelina foi exemplo de determinação e persistência. “Ainda quero ver um longa-metragem com essa história”, diz Sônia. Nos anos seguintes à criação da camisaria, crescia a empresa e crescia também a família. Adelina e Duda tiveram 16 filhos – 11 homens e cinco mulheres –, todos nascidos em casa. Sônia é a sexta filha e a segunda mulher, dentre todos a mais parecida em personalidade com a mãe, uma senhora “extremamente austera, de uma formação germânico-prussiana que eu nunca vi igual”, afirma Armando Hess de Souza, 51 anos, o sétimo filho.
Dudalina Viver
Antecessor de Sônia na presidência da Dudalina, Armando também é seu irmão imediato mais novo e conhece bem a personalidade da irmã. “Desde muito pequena, a Sônia já era uma ‘Adelinazinha’. Ela gostava muito de mandar, colocava os irmãos mais novos na cama e não tinha conversa, tínhamos que obedecê-la”, conta. Para Armando, a capacidade de liderança é a característica mais marcante que a irmã herdou da mãe. Uma qualidade nata que Sônia aprimorou ao longo da vida e que se reflete de forma muito expressiva no perfil de empresária.
Hoje, Sônia é a líder inconteste da família Hess de Souza, que faz questão de se reunir pelo menos uma vez por mês. Na presidência da Dudalina, conquistou algo que Armando diz nunca ter conseguido nos 13 anos que permaneceu no cargo: a unanimidade, tanto entre os irmãos quanto no Conselho de Administração. O curioso é que num primeiro momento, por razões políticas internas, os conselheiros não queriam aprovar o nome de Sônia para a presidência da empresa. “Desafiada, ela vira um gigante”, diz o irmão.

Dudalina Facção
Esse gigantismo se traduziu em resultados. Dois anos e meio depois de assumir a presidência da empresa, ela já tinha elevado o faturamento em 50%. “Não me surpreendeu porque eu tinha certeza da capacidade dela. É uma mulher incansável, que vai até a exaustão e se recupera muito rapidamente. Mas com certeza surpreendeu, e sobremaneira, o conselho”, garante Armando. No ano passado, a companhia faturou R$ 132,5 milhões, um crescimento de 13,5% em relação a 2007. “A Sônia foi o grande alicerce da construção da Dudalina. Nós pegamos uma fábrica regional e familiar e transformamos numa referência não só para o Brasil. Sob o comando da Sônia, a Dudalina é hoje um centro de excelência, uma empresa de altíssima rentabilidade num dos segmentos mais competitivos do mundo”, diz Armando.
Para saber mais, clique em Mais Informações, abaixo.

domingo, 8 de agosto de 2010

A estrela de Belém como fenômeno astronômico

Conjunção de Júpiter, Saturno e Marte marca a Estrela de Belém e o nascimento de Jesus de Nazareth.
clip_image002
Fonte: http://arsastri.blogspot.com/2009/07/using-great-conjunction-to-presage.html
Tradução eletrônica corrigida.
Usando a grande conjunção para pressagiar o nascimento de Jesus.
Jesus de Nazareth – Prelúdio
Fonte: Harpas Eternas, volume 1, pag. 24 – Josefa Rosalía Luque Alvarez – Editora Pensamento.
“Enquanto no plano físico se desenvolviam assim os acontecimentos, preparavam-se, também, no mundo sideral movimentos insólitos.
Os dois maiores planetas do nosso sistema, Júpiter e Saturno, aproximavam-se lentamente, com a soberana majestade de astros de primeira grandeza, para unir-se em conjunção magnífica, como se esse assombroso himeneu sideral devesse perpecutir neste outro himeneu do plano terrestre, entre a Divindade e a natureza humana, cujo fruto estava em gestação no seio de Myriam, a meiga mulher, harpa viva da Eterna Lei.
Júpiter e Saturno prosseguiam sua caminhada nupcial através dos espaços infinitos, tendo por cortesãos e espectadores os milhares de estrelas e de sóis deste Universo visível da Terra.
Corria o ano 747 da fundação de Roma, correspondente ao ano 8.967 do início da Civilização Adâmica, únicas datas precisas e de possível comprovação que estamos capacitados a mencionar para orientação dos estudiosos.
Ambos os planetas se dirigiam para os domínios zodiacais de Peixes, signo este estreitamente vinculado, naquele tempo, aos destinos do grande povo seguidor de Moisés.
...
- PEIXES!... – gritaram todos a uma, quando viram dar-se ali o abraço supremo, enquanto o solstício de inverno cobria de neve a Terra da Promissão, vislumbrada por Moisés. De outra parte, no éter azul, o vermelho Marte corria também pressuroso até aquela constelação para cobrir, com a púrpura de seus véus flutuantes, o resplandecente himeneu de Júpiter e Saturno.
A reunião dos três planetas era a eterna clarinada que marcava a hora exata, precisa, inexorável, em que o Homem-Deus abria Seus olhos humanos à vida física sobre o globo terrestre para a posterior imolação, que haveria de coroar Sua gloriosa e grande carreira de Messias-Instrutor de humanidades.
Das Escolas de Divina Sabedoria, saíram em viagem os peregrinos audazes para a Terra Bendita, onde acabara de nascer o Filho de Deus, em carne humana!
Sete séculos antes, Isaías, um dos maiores videntes de Israel, havia cantado o seguinte verso ao som de sua harpa de cordas de bronze, cujas vibrações estremeciam as almas:
“E tu, Betlehem de Judá, és pequena em tamanho, porém grande entre as cidades de Israel, porque de ti nascerá o Salvador dos homens.”
“Naquela noite – a sétima do solstício de inverno – permaneciam muitos em vigília para contemplar o glorioso espetáculo anunciado pelos astrônomos assírios e caldeus...”
“GLORIA A DEUS NO MAIS ALTO DOS CÉUS, E PAZ, NA TERRA, AOS HOMENS DE BOA VONTADE.”
Para saber mais, clique em Mais informações, abaixo

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Moveis e objetos práticos. Show de criatividade

Estimado leitor, veja quanta solução criativa.
Confira nas figuras abaixo.
id01
Um sofá que se transforma num beliche. Bem prático.
id02
O diferencial deste sofá cama é a possibilidade de leitura tanto como sofá como quando transformado em cama.
id04
Cadeiras com espaço para guardar bolsa e pasta de trabalho, bem com cabide para o paletó ou casaco. A mesa tem dois andares.
id05
Veja que interessantes os quadros para cantos. Ideal para ambientes pequenos.
Você já havia visto isto antes?
Para ver mais itens interssantes, clique em Mais informações, abaixo.

domingo, 1 de agosto de 2010

Artigo de Jan Vermeiren: Sobre LinkedIn

O que eu aprendi com o meu motorista de táxi

Taxi 02

“Na semana passada eu fui para Mountain View, Califórnia, para visitar a sede da empresa LinkedIn HQ (Head Quarters, ou seja, o quartel general) para discutir o andamento do programa Live LinkedIn.Eu fui apanhado no aeroporto de San Francisco por um homem muito simpático. Ele é chamado por seus clientes de O Juiz e sua empresa é a  RJ Viagens.

No caminho para o hotel ficamos conversando; nós estávamos falando sobre a Empresa LinkedIn (que é uma das suas clientes irregulares) e como ele poderia usar seu site para obter mais clientes.

O primeiro passo é começar com a pergunta: "Quem você quer como cliente?"  A abordagem mais fácil é começar com a sua clientela atual.

Minha suposição era de que as pessoas que o chamavam na sua maioria eram assistentes de gestão e de secretárias para organizar as corridas de seus chefes, colegas, clientes e fornecedores. Para minha surpresa, era uma função totalmente diferente para a qual ele era mais contratado: são a maioria dos recrutadores e selecionadores de pessoal da região. Lição aprendida: nunca assuma nada de antemão: pergunte antes e deixe a pessoa falar primeiro!

No Vale do Silício, as pessoas das empresas querem contratar as pessoas mais brilhantes para trabalhar para eles e é preciso levá-las para as entrevistas de emprego. Assim, elas precisam de transporte para o aeroporto.

Uma vez que O Juiz é um homem muito simpático, que oferece excelentes serviços  a sua empresa continua a crescer. O que acontece é que os candidatos que foram contratados agora também passam a chamá-lo quando eles precisam ir para o aeroporto. Um bom exemplo de como o bom atendimento ao cliente automaticamente leva a mais negócios.

Ser contratado novamente é também um sinal de satisfação e, portanto, você pode pedir referências.

Então, o que eu aconselhei ao Juiz a fazer, é usar a seguinte estratégia de como usar o LinkedIn para encontrar novos clientes:

1) Na próxima vez que você pegar uma das pessoas da Empresa LinkedIn que já utilizaram seus serviços no passado, pergunte se deseja conectar você no LinkedIn (já que é sua própria página no Web site, eles estarão muito interessados em ter uma conversa sobre este assunto e em adiciona-lo aos seus contatos.)


2) Depois que você estiver conectado com eles, olhe em sua rede de relacionamentos os nomes dos recrutadores, secretárias e assistentes de gestão que ainda não sabem dos seus serviços.


3) Peça ao homem que o adicionou,  para apresentar e recomendar você e os seus serviços a estas pessoas, através de um e-mail (isso é o que chamo de "Magic e-mail") ou via LinkedIn.

Se um motorista de táxi pode usar o LinkedIn para encontrar as pessoas certas para crescer seu negócio, você também pode. O ponto mais importante é onde você começa: Qual é o perfil dos clientes que você deseja? Graças  ao Juiz aprendi a minha lição: a de nunca assumir que eu acho que já sei a resposta!

Para o seu sucesso!

Jan”

Nota: Recebi por e mail em 31 de Julho de 2010, permissão por escrito do autor para traduzir e publicar este artigo. Os livros on-line grátis abaixo citados estão em inglês.

Um abraço, estimado leitor!

Sobre o autor:

Jan Vermeiren

JanVermeiren é o fundador de uma rede de treinamentos. É autor do best-sellers "Let's Connect!" E tambem autor excelente do livro "Como realmente usar LinkedIn", ele revela a dinâmica das redes sociais e de ações técnicas e ferramentas que qualquer pessoa pode aplicar imediatamente.


Juntamente com sua equipe de treinamento Networking Coach, Jan dá palestras e cursos de formação no domínio da rede de relacionamentos. Entre os seus  clientes  estão grandes empresas como a Deloitte, Dupont, IBM, ING, Nike, SAP, Sun Microsystems e Vlerick Leuven Gent Management School, bem como pequenas empresas e freelancers.


Obtenha sua versão gratuita on line em ingles de  "Como REALMENTE usar o  LinkedIn " em: http://www.how-to-really-use-linkedin.com

e o curso grátis por e-mail em inglês  em: http://www.networking-coach . com.

Follow Jan Vermeiren on Twitter: www.twitter.com/janvermeiren<http://www.twitter.com/janvermeiren>
Websites: