Google Tag Manager

sábado, 24 de janeiro de 2015

O melhor curso de Hungaro

O melhor curso de Húngaro





Estimado leitor,

Este curso é baseado em um método muito antigo que tem resultados garantidos.

O húngaro é uma língua aglutinante e o método é adequado a facilitar o aprendizado.

O método onomavocálico parte do simples para o mais complexo, de modo natural.

O livro pode ser visto em sua totalidade abaixo.



sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Carnaval do Brasil 2015

Programação oficial do Carnaval do Rio de Janeiro 2015

Programação Oficial do Carnaval no Rio de Janeiro

15/01/2015 04h45 - Atualizado em 15/01/2015 14h40

Veja lista com data e hora de desfile dos blocos de rua do Rio em 2015

Serão mais de 587 desfiles entre 17 de janeiro e 22 de fevereiro deste ano.
G1 separou os 456 blocos por região; confira as listas completas.

Do G1 Rio
Público no Rio festeja junto com o bloco Orquestra Voadora (Foto: Luciano Oliveira/G1)Carnaval deixa as ruas de todas as regiões do Rio repletas de cores e alegria, como no desfile da Orquestra Voadora, no Aterro do Flamengo (Foto: Luciano Oliveira/G1)
A partir deste sábado (17 de janeiro de 2015), o Rio abre alas, ruas, praças e avenidas para a passagem de milhões de foliões. A terça-feira de carnaval é só no dia 17 de fevereiro de 2015, mas os blocos antecipam oficialmente a folia em um mês e a esticam por quatro dias mais, já que o último desfile será no domingo (22 de fevereiro) pós Quarta-Feira de Cinzas. Para ajudar o folião a programar o seu roteiro, o G1 organizou a agenda dos blocos por região. Confira abaixo.
Ao todo, são 456 blocos e 587 desfiles em toda a cidade.  A Zona Sul concentra a maior parte deles – 141 blocos. Outros 94 desfilam pelo Centro, 78 na Zona Norte, 58 na Tijuca, 36 na Barra/Jacarepaguá, 27 na Ilha do Governador e 22 na Zona Oeste.
Cordão da Bola Preta, no Rio, levou 1 milhão às ruas do Rio neste sábado (1º) (Foto: Yasuyoshi Chiba/AFP)Cordão da Bola Preta concentra mais de um milhão
de pessoas no Centro do Rio
(Foto: Yasuyoshi Chiba/AFP)
CENTRO (veja a lista completa)
O primeiro desfile oficial dos blocos de rua acontece no Centro. Eles que Digam abre a festa neste sábado de janeiro (17), na Travessa São Diego, a partir das 16h. É também no Centro que circulam os três maiores: o Bloco da Preta, que desfila no dia 8 de fevereiro, a partir das 11h pela Av. Presidente Vargas; o Cordão da Bola Preta, que sai no dia 14 de fevereiro às 9h30 na Av. Presidente Antônio Carlos; e o Monobloco, que arrasta a multidão a partir das 9h do último domingo de folia, 22 de fevereiro, também na Presidente Vargas.

Representando John Lennon e Yoko Ono, integrantes do Sargento Pimenta fazem coração com as mãos (Foto: Luciano Oliveira/G1)Em 2014, o bloco Sargento Pimenta contou com
a presença de John Lennon e Yoko Ono
(Foto: Luciano Oliveira/G1)
ZONA SUL (veja a lista completa)
Um dos mais populosos blocos da região, a Banda de Ipanema tem três datas de folia: 31 de janeiro, 14 e 17 de fevereiro, sempre a partir das 17h30, com concentração na Praça General Osório. Da mesma praça sai o também gigante Simpatia é Quase Amor, nos dias 7 e 15 de fevereiro, a partir das 16h. Com menos carnavais em suas histórias, mas também com multidão de público, circulam pelo Aterro do Flamengo, a partir das 15h, o Sargento Pimenta, que toca só Beatles, no dia 16 de fevereiro, e a Orquestra Voadora, só de sopros, no dia 17.

Livro explora história e curiosidades de blocos como a Banda de Madureira (Foto: André Arruda / Divulgação)Bloco Banda de Madureira é marcado pela irreverência
como a maioria dos blocos
(Foto: André Arruda / Divulgação)
ZONA NORTE (veja a lista completa)
Um dos maiores blocos que tradicionalmente desfilam na Zona Norte é a Banda de Madureira, que vai fazer a festa no dia 14 de fevereiro, a partir das 16h, com concentração na Rua Carvalho de Souza. Outro bloco que arrasta multidão também em Madureira, bairro berço da Portela e da Império Serrano, é o Mulheres de Zeca, que fará a festa também no dia 14 de fevereiro, a partir das 16h, dentro do Parque de Madureira.


Alguns blocos desfilam na orla da Barra (Foto: Alexandre Macieira/Riotur)Alguns blocos desfilam na orla da Barra
(Foto: Alexandre Macieira/Riotur)
BARRA E JACAREPAGUÁ (veja a lista completa)
A orla da praia da Barra da Tijuca é o palco de um dos maiores blocos da região. A Banda da Barra desfila no dia 8 de fevereiro, a partir das 15h, pela Avenida Lúcio Costa, com concentração em frente ao bondinho da Banda da Barra. Já na região de Jacarepaguá, um dos blocos com maior expectativa de público é a Banda do Pechincha, que se concentrará a partir das 18h do dia 7 de fevereiro no Largo do Pechincha.

Série 'Breaking bad' já teve versão brasileira no carnaval de Santa Cruz (Foto: Paulo Mumia / Riotur)Série 'Breaking bad'; já teve versão brasileira no
carnaval de Santa Cruz (Foto: Paulo Mumia / Riotur)
ZONA OESTE (veja a lista completa)
Nomes irreverentes marcam alguns dos blocos que desfilam na região. Tem, por exemplo, o Virilha de Minhoca, que terá quatro dias consecutivos de folia: 14, 15, 16 e 17 de fevereiro, sempre a partir das 19h, com concentração na Rua Fonseca, em Bangu. Perereca Vadia sai às 17h do dia 16 de fevereiro a partirda Praça Nossa Senhora, em Campo Grande. Tem ainda o Meia Dúzia de Gatos Pingados, com público estimado em mil pessoas, que sai às 19h do dia 13 de fevereiro pelo calçadão da Cônego Vasconcelos, em Bangu.

Banda Haddock desfila no dia 7 de fevereiro (Foto: Paulo Mumia / Riotur)Banda Haddock desfila no dia 7 de fevereiro
(Foto: Paulo Mumia / Riotur)
GRANDE TIJUCA (veja a lista completa)
Os tijucanos também têm tradição de décadas no carnaval de rua do Rio. A ‘Banda Haddock’, por exemplo, faz a festa na região há mais de 30 anos. Este ano ela desfila no dia 7 de fevereiro, a partir das 18h, com concentração na Rua Afonso Pena. A irreverência também faz parte do nome de alguns blocos por lá, como o Butano na Bureta, que sai no Maracanã, também no dia 7 de fevereiro, a partir das 13h. Tem ainda o Já Comi Pior Pagando, no mesmo dia, a partir das 16h, na Rua Leite de Abreu.

Desfile do Suvaco do Cristo também teve banho de espuma (Foto: Pedro Kirilos / Agência O Globo)Sob o calor carioca, os foliões se refrescam como
podem (Foto: Pedro Kirilos / Agência O Globo)
ILHA DO GOVERNADOR (veja a lista completa)
Mais de dez mil pessoas são esperadas no bloco Ilha Encosta que Ele Cresce, um dos maiores do bairro, que desfila no dia 7 de fevereiro pelo Jardim Guanabara, com concentração ao meio dia na Praça Jerusalém. No mesmo dia, Os Monarcas fará a festa na Ribeira, a partir das 17h. Em 15 de fevereiro será a Vermelho e Branco da Colônia Z 10 a arrastar mais de dez mil pessoas pela Cacuia a partir das 11h na Praça São Pedro.

Carnaval do Brasil
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Carnaval_do_Brasil

O Carnaval do Brasil é a maior festa popular do país. A festa acontece durante quatro dias (que precedem a quarta–feira de cinzas). O último dia de Carnaval precede a quarta-feira de cinzas (início da Quaresma).

Índice
1 Origens brasileiras
2 Corte real
2.1 Rei Momo
2.2 Rainha e princesas
3 Indústria do carnaval
4 Ver também
5 Referências


Origens brasileiras

Jogos durante o entrudo no Rio de Janeiro
Aquarela de Augustus Earle, c.1822

Comemorado em Portugal desde o século XV,1 o entrudo foi trazido pelos portugueses para a então colônia do Brasil e em finais do século XVIII1 era já praticado por todo o território. Consistia em brincadeiras e folguedos que variavam conforme os locais e os grupos sociais envolvidos. Com a mudança da corte portuguesa para o Rio de Janeiro, surgiram as primeiras tentativas de civilizar a festa carnavalesca brasileira,1 através da importação dos bailes e dos passeios mascarados parisienses, colocando o Entrudo Popular sob forte controle policial. A partir do ano de 1830, uma série de proibições vai se suceder na tentativa, sempre infrutífera, de acabar com a festa grosseira.

Em finais do século XIX, toda uma série e grupos carnavalescos ocupam as ruas do Rio de Janeiro, servindo de modelo para as diferentes folias. Nessa época, esses grupos eram chamados indiscriminadamente de cordões, ranchos ou blocos. Em 1890, Chiquinha Gonzaga compôs a primeira música especificamente para o Carnaval, "Ô Abre Alas!". A música havia sido composta para o cordão Rosas de Ouro que desfilava pelas ruas do Rio de Janeiro durante o carnaval. Os foliões costumavam frequentar os bailes fantasiados, usando máscaras e disfarces inspirados nos bailes de máscaras parisienses. As fantasias mais tradicionais e usadas até hoje são as de Pierrot, Arlequim e Colombina, originárias da commedia dell'arte.


Casal de mestre-sala e porta-bandeira da Mangueira no Carnaval 2012, Rio de Janeiro.

Carro abre-alas da Gaviões da Fiel no Carnaval de São Paulo de 2005.

Praia do Farol da Barra um dia antes da abertura do Carnaval de Salvador de 2008.

Carnaval de Olinda: foliões nas ruas do Centro Histórico da cidade.

Bloco Galo da Madrugada no Carnaval do Recife de 2014.

Para saber mais, clique sobre Mais informações, abaixo.

domingo, 4 de janeiro de 2015

Primeiro lugar no Astrocentro no periodo noturno

Primeiro lugar no Astrocentro no período noturno.

Estimado leitor, tenho a satisfação de informar que atingi o primeiro lugar no TOP 6 do Astrocentro no período noturno na atividade de Tarot Online.

Confira as imagens. Muito obrigado a você, cliente por sua preferência.
Muito obrigado aos apoiadores. Sem eles teria sido muito mais difícil.




Para ver mais imagens, clique sobre Mais informações abaixo.